quinta-feira, 3 de setembro de 2009

BORBOLETAS...


Tem leves borboletas de papel crepon para enfeitar o quarto...
Tem graciosas borboletas de plástico colorido para prender mensagens...
Tem brilhantes borboletas de metal para colocar no painel...
Tem blusas e meias de borboletas, cadernos e canetas de borboletas, brincos e colares de borboletas, óculos e velas de borboletas...
Enfim, nas lojas, tem borboletas fabricadas para todos os gostos e todos os bolsos...


É porque as borboletas, as borboletas de verdade, as borboletas vivas, são lindas, são belas, são encantadoras, mesmo...











Ou talvez eu deva dizer "porque as borboletas ERAM lindas"...
Porque quase não há mais borboletas...
Porque estamos matando as borboletas...

Como estamos matando as abelhas...
Como estamos matando os ursos...
Como estamos matando os elefantes...
Como estamos matando as baleias...
Como estamos matando e já matamos tantos outros seres...
Como estamos desfigurando e já desfiguramos "nosso" belo planeta...


















Como o planeta permitiu isso?
Como o planeta permitiu que nós, pequenos homens, nos tornássemos tão mortíferos?
Porque o planeta não se defendeu?




Porque o planeta não se defende e não se livra dos homens como nosso próprio corpo humano se livra naturalmente de uma doença?
O aquecimento global bem poderia ser a febre que vem vindo, no ritmo do planeta Terra, para eliminar estes pequenos seres peçonhentos que somos...

Um comentário:

Michele disse...

Oi Christine tdo bem?
Respondendo ao seu comentário.. Estou bem, "conheci" Raquel por causa de meu primo q me apresentou o blog dela. Por nda, obrigada a vc tb por tomar tempo para ler os meus textos no blog(sou apenas aprendiz e estou tentando chegar lá.. rsrs). Obrigada tb, pelo comentário feito, e aqui vai um comentário sobre um dos textos brilhantes teus:
Achei fascinante a forma como vc citou as borboletas para chegar ao ponto de questionar a agressão humana sobre a natureza!
Inté! =]